Reclamar da infraestrutura de transportes ou ser proativo e reduzir custos?


Uma das melhores formas para enfrentar a crise pode ser o investimento em infraestrutura logística. Construir melhores ferrovias, hidrovias, aeroportos e rodovias é uma medida que certamente destravaria o setor do agronegócio e melhoraria a economia como um todo, dando início a um novo ciclo de desenvolvimento. Além de promover o emprego e o consumo, esse movimento permitira as empresas embarcadoras colocar em prática melhores estratégias de distribuição de mercadorias, capazes de tornar a comercialização de produtos em regiões distantes em algo viável e competitivo.

No entanto, até que isso seja tangível, é necessário que as empresas se ocupem com os problemas do cotidiano como reduzir, de alguma forma, os altos custos com transporte, por exemplo. Ou seja, de nada adianta reclamar da infraestrutura. Não perca tempo com isso. Invista seus esforços para ser cada vez mais produtivo e ultrapassar os obstáculos que o mercado oferece. Mas como fazer uma gestão eficiente, ser proativo e construir resultados positivos?

Confira, a seguir, o passo a passo e aposte em um processo logístico que tenha como apoio a automação:

 


1 Avalie os custos

O primeiro passo para reduzir custos é avaliar o histórico de gastos. Sabendo onde sua empresa gasta com logística é possível implementar medidas de redução, como otimização de estoques e armazéns, melhores políticas de cotação de fretes, revisão de parcerias com transportadoras, entre outras ações.

2 Gerencie armazéns com inteligência

Armazenar produtos é a segunda medida. Armazéns muito cheios geram perdas de qualidade e custos desnecessários com infraestrutura. Eles impactam no momento de distribuição dos produtos e, consequentemente, na satisfação dos clientes. Por isso, conhecer a demanda permite que o especialista em logística calcule exatamente a quantidade de produto que pode ser armazenado e  permanecer no estoque e quais são seus prazos de reposição.

 

3 Otimize processos

A forma como sua empresa realiza diferentes atividades sempre pode ser melhorada. Pequenas alterações – como a inclusão de um ponto de checagem no embarque de mercadorias, por exemplo – podem ser responsáveis, por economizar gastos em retrabalho e desperdício.

4 Reduza custos sem economizar em logística

Os processos logísticos são extremamente complexos e cortar gastos ou reduzir investimentos sem uma avaliação séria pode reduzir eficiência e qualidade da sua entrega. Então, procure soluções que permita a simulação de tabelas de fretes, simulações de melhores alternativas financeiras de transportes no momento dos embarques, auditoria automatizada dos conhecimentos e auditoria automatizada de faturas de fretes. Assim, é possível escolher um serviço de transporte que seja eficiente e dentro do orçamento da sua empresa.

 

5 Automatize processos

Por falar em redução de custos x corte de gastos, empresas que buscam economizar recursos precisam avaliar investir em automação na área de logística. A complexidade dos processos e o volume de operações, quando feitos manualmente, exigem pesados custos com pessoal e trazem sérios riscos de erro humano. A automação permite diminuir o tempo gasto com tarefas operacionais (como a cotação de fretes e auditoria), organizar informações em um ambiente único, levando a uma avaliação completa do sistema logístico da empresa.

 

Gostou? Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a transpoBrasil e conheça o transpoFrete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *