Projeto no porto de Santos pode reduzir custo de frete de fertilizantes em 25%

Projeto no porto de Santos pode reduzir custo de frete de fertilizantes em 25%

Atualmente, o Brasil importa a maior parte dos fertilizantes que utiliza: em 2016, 8 em cada 10 toneladas vieram de outros países. A Rumo, maior concessionária ferroviária brasileira, criou um projeto para um novo modelo de transporte: levar os fertilizantes importados por meio de ferrovias, do Porto de Santos até a cidade de Rondonópolis (MT), uma das mais expressivas no agronegócio brasileiro.

“O transporte ficará cerca de 25% mais barato”, disse Raphael Túlio, gerente comercial de açúcar e fertilizantes da Rumo, ao site G1. O novo modelo deve começar a operar em abril do ano que vem.

Como os vagões saem da região Centro-Oeste carregados de grãos rumo ao porto de Santos, mas retornam vazios, poderiam levar os fertilizantes na volta. A utilização do modal ferroviário deve reduzir o custo da cadeia logística.

 

Leia a matéria completa no G1.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *