Porto do Itaqui aumenta movimentação de cargas em 40% e poderá receber 20 milhões de toneladas de grãos

Em breve, o Porto do Itaqui estará pronto para receber 20 milhões de toneladas de grãos e estará totalmente integrado à malha rodoviária, com a liberação da passagem por dentro do porto, o que reduz ainda mais o custo de frete e aumenta a capacidade de escoamento do corredor, explica o diretor de Planejamento e Desenvolvimento da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Jailson Luz.

Responsável por um dos maiores investimentos públicos em infraestrutura no estado do Maranhão, a construção do berço 98 no Porto de Itaqui, autorizada no início deste mês, vai contribuir para o aumento de 3,5 milhões de toneladas na movimentação portuária maranhense. Por se tratar de uma estrutura de multiuso, o berço 98 estará preparado para receber cargas gerais e atender à crescente demanda na movimentação do porto.

Construído com recursos próprios da Emap, o berço 98 terá capacidade de integração com o berço 99, totalizando 860 metros de cais. Com moderna estrutura de iluminação, três trilhos para guindaste e preparado para receber embarcações com profundidade de até 18 metros, o berço 98 faz parte das ações de modernização da infraestrutura e logística portuária. O berço prevê, ainda, a integração com o sistema ferroviário, dando ao Porto do Itaqui mais competitividade em relação a outros portos da região.

banner_600x200_V3_2-1-300x100 Porto do Itaqui aumenta movimentação de cargas em 40% e poderá receber 20 milhões de toneladas de grãos

Fonte: goo.gl/AFav8R

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *