Como ter uma gestão de fretes eficientes no setor industrial?

A gestão de fretes é um dos principais gargalos de um processo logístico na indústria. A complexidade da legislação, os documentos necessários para o transporte de mercadorias, entre outros fatores, são importantes para que o embarcador feche as melhores parcerias e contratos com as transportadoras. Mas não é somente isso que influencia no momento de gerenciar uma cadeia de suprimentos. Os fluxos de mercadorias nas indústrias exigem que os gestores tomem cuidados não apenas em relação às cargas em circulação, mas também no que envolve as estratégias estruturais e operacionais da organização.

Ao construir o planejamento logístico do seu negócio, não basta investir em boas equipes ou estar constantemente atento aos custos. Existem outros aspectos operacionais relevantes para o andamento de um plano logístico industrial. A geografia da distribuição, os sistemas de transporte e os estudos das rotas, por exemplo, são necessários para que a sua mercadoria chegue ao consumidor no tempo prometido. Ou seja, a questão fundamental, ao menos por parte da equipe que atua à frente das questões operacionais, reside em como os fretes são/estão sendo desenvolvidos.

Mesmo que cada um desses processos aconteça de forma que, no final, você tenha efetivamente melhores resultados, é preciso o auxilio de ferramentas de automação que facilitem a gestão de fretes. Mas o que representa uma gestão de fretes realmente eficiente para seu setor industrial? Confira, a seguir:

 

– Melhor tempo de distribuição

Considerando que os modais de transporte são instrumentos que têm por objetivo superar distâncias, uma das maiores preocupações da logística é otimizar (e diminuir) o tempo que se leva para cumprimento das entregas. As exigências modernas de distribuição fazem com que o tempo avaliado para a concretização do frete até seu destino possa influenciar várias outras etapas de sua cadeia logística, que vão da manutenção dos armazéns e produtos estocados aos custos com a depreciação dos veículos. Por isso, consideramos esse como um aspecto que deve ser levado em consideração no momento de contratar o serviço de uma transportadora. Somente assim você pode tornar a gestão de fretes da sua indústria mais eficaz.

 

– Distribuição mais confiável

As sugestões destacadas acima, quando bem aplicadas pelo gestor de fretes da sua empresa, permitem que a distribuição de mercadorias seja muito mais confiável, tanto em termos de disponibilidade das mercadorias encomendadas quanto em relação à frequência com que essas encomendas são perfeitamente atendidas, segundo os aspectos de quantidade e tempo. Isso pode ser feito principalmente se o gestor que está à frente do negócio contar com a ajuda de um sistema que integre os vários setores logísticos da empresa e gerencie todo o ciclo de contratação de transportes.

 

– Gestão logística flexível

Como o gestor terá em mãos informações precisas sobre o andamento dos fretes, usando um software adequado, poderá cortar custos quando necessário e ajustar os fretes segundo as demandas de sua empresa. A contratação de veículos, os processos de coleta e entrega, até os pagamentos pelos serviços contratados: tudo vai ser mais palpável e previsível de acordo com as mudanças de quantidade, a localização dos destinos e os prazos de entrega.

 

– Distribuição mais qualificada

Essa perspectiva se refere às condições em que as mercadorias são entregues, envolvendo questões como quantidade correta e especificações de segurança. As perdas e avarias de produtos ocorrem nas operações logísticas, mas uma boa gestão de fretes pode auxiliar a empresa no monitoramento das tendências de acontecimento de problemas, permitindo que o gestor aja nas causas e, aos poucos, vá reduzindo os problemas até que cheguem  a níveis mínimos. A logística operacionalizada por sistema de gestão de fretes permite que a empresa tenha indicadores de incidência destes tipos de problemas, assim como indicadores financeiros ligados aos mesmos.

 

– Controlar os custos de suas operações

Uma boa gestão de fretes requer que o gestor controle os custos. A partir da gestão das tabelas de preços das firmas parceiras de transportes, vai ser possível calcular gastos e fazer simulações de contratos e de melhores alternativas financeiras de transportes no momento dos embarques. A operação logística, dessa maneira, ficará muito mais estimável.

É preciso ter em mente sempre que todo processo logístico tem início com a necessidade do cliente. Porém, apenas uma gestão competente vai garantir que a demanda do comprador seja corretamente atendida. No caso da gestão de fretes, deve-se levar em conta, sobretudo, os aspectos relacionados ao tempo e aos custos, a fim de que as entregas de produtos sejam cumpridas a contento.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a transpoBrasil e conheça o transpoFrete.

2 thoughts on “Como ter uma gestão de fretes eficientes no setor industrial?

    1. Muito obrigado, Joseval, pela visita e pela contribuição! Gostaríamos de convidá-lo a assinar a nossa newsletter e a receber informações valorosas sobre a área no seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *