CNT aponta os cem trechos mais perigosos das rodovias brasileiras

Em seu novo estudo Acidentes Rodoviários e a Infraestrutura, a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) avaliou 4.571 trechos de até 10 km e adotou o critério de maior número de mortes em acidentes registrados em 2017, para chegar à lista dos cem trechos mais perigosos do Brasil.

O novo trabalho da CNT relaciona as características da infraestrutura viária apresentadas na Pesquisa CNT de Rodovias 2017 (estado geral, sinalização, pavimento e geometria da via) com os acidentes com vítimas registrados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em rodovias federais, no ano passado.

Ao analisar as condições viárias, o estudo constata que, quando a avaliação do estado geral é negativa (ou seja, regular, ruim ou péssima), a gravidade dos acidentes nos trechos considerados mais perigosos é 2,4 vezes maior que no restante das rodovias brasileiras.

Veja o estudo da CNT na íntegra, com ranking e mapa, clicando aqui.

 

Fonte: https://bit.ly/2LtplyD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *