Iniciativa privada é saída para desenvolvimento logístico

Com o atual cenário de contenção de gastos do governo, a iniciativa privada é apontada como a saída para desenvolver rodovias, ferrovias e portos. Estas iniciativas têm potencial de diminuir os custos e agilizar o escoamento da produção agropecuária, aumentando a competitividade da oferta nacional no mercado mundial.

Para o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo, o governo deve entrar onde não há demanda de empresas. “A iniciativa privada é fundamental para o desenvolvimento da logística no País”, declarou no fórum Logística e Infraestrutura do Agronegócio, realizado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Para o presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), César Rabello Borges, as concessões podem ser a solução para alguns gargalos logísticos. “As concessões estão predominantemente nos Estados de São Paulo e Paraná, mas elas são fundamentais nas novas fronteiras agrícolas”, afirmou.

Um ponto em discussão é a região do chamado Arco Norte – onde estão portos como Itacoatiara (AM), Itaqui (MA), Santarém e Barcarena, no Pará, e Salvador (BA). Como os investimento federais em infraestrutura, principalmente nas rodovias, declinaram bastante com o passar do tempo, o incentivo às concessões é visto como uma maneira de aprimorar a logística do Brasil.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *